Como escolher os melhores investimentos?

Ter, 28 de janeiro de 2020 às 11:51

“Quais são os melhores investimentos?” Essa é a pergunta que os consultores, assessores e gestores de investimento mais ouvem no dia a dia. Mas será que os melhores investimentos realmente existem? Como encontrá-los? Este é o tema do meu artigo de hoje.

A lei oferta x demanda
Se existissem os melhores investimentos, todo mundo desejaria investir nesses ativos. E como os recursos são limitados, você teria um número X de imóveis, um número X de criptomoedas e um número X de ações de uma empresa para ofertar. Assim, o dono desse ativo, sabendo que seu patrimônio é valioso, com certeza não iria vendê-lo.

Como convencer alguém que tenha um determinado ativo a vendê-lo? Aumentando muito o preço de compra desse ativo. Neste caso, mesmo que seja um investimento muito rentável, se o preço começa a subir muito por causa da procura, chegará uma hora que você pagará tão caro que a rentabilidade que ele possuía deixa de ser atrativa.

É por essa razão que o “ótimo investimento” hoje provavelmente deixará de ser um ótimo investimento amanhã.

Os melhores investimentos são os seus
Quando você pergunta para um bom especialista qual é o melhor investimento, certamente ele evitará dar uma resposta objetiva. Isto acontece por que é necessário entender um pouco sobre você antes de dar uma resposta, pois cada um de nós tem uma necessidade, um conhecimento e uma certa habilidade para lidar com determinados investimentos.

Se você me acompanha nas redes sociais, deve perceber que eu proponho uma sequência estratégica de investimento com o intuito de que você tenha uma estrutura adequada de recursos, começando pela construção de uma reserva de emergências, passando por um plano de independência financeira e montando uma carteira diversificada de risco, com a finalidade de realizar diferentes sonhos em diferentes prazos.

Por isso que o melhor investimento é aquele que atende a sua necessidade: mais liquidez para o curto prazo, uma renda fixa sem liquidez para o médio prazo e uma carteira de ações, um fundo de índice (chamados ETF’s) ou fundo multimercado compondo sua estratégia para a independência financeira.

O melhor investimento pode estar perto de você
Os melhores investimentos podem ser aqueles com os quais você convive mais no dia a dia. Por exemplo, quem trabalha na construção civil poderá fazer bons investimentos em imóveis. Trabalha no mercado financeiro? Provavelmente você vai entender melhor as análises dos fundos de ações. Dessa forma, você estará mais envolvido no mercado em que investe e encontrará mais oportunidades de investimento.

Se você está muito ocupado com sua rotina de profissional (professor, médico, etc.) e não terá tempo de acompanhar o mercado, com toda a certeza você estará bem servido ao investir em uma combinação de renda fixa e de produtos administrados por bons gestores, com uma estratégia que tenha sido orientada por um assessor de investimentos.

Conclusão
Os melhores investimentos simplesmente não existem. Se existissem, a sua procura seria tão grande que seu preço aumentaria e, portanto, inviabilizaria o retorno do dinheiro aplicado. Outro ponto é que não existe um investimento padrão, por que cada pessoa tem a sua necessidade, objetivos, particularidades e entendimento sobre o mercado financeiro.

Você certamente conhece pessoas que foram bem-sucedidas em qualquer investimento que você tenha analisado (imóveis, ações, obras de artes etc.). O que elas têm em comum? Paixão por estudar sobre o assunto, procurar oportunidades e o mais importante: aprendem com as decisões erradas que foram tomadas durante a jornada.

Na prática, não existem os melhores investimentos e sim aqueles com os quais você se sairá melhor quando estiver bem envolvido.

Fonte: https://www.btgpactualdigital.com/
Coluna Gustavo Cerbasi

Abra a sua Conta Digital AQUI

Galeria de Fotos:


Abra sua conta
logo