O SETOR VAREJISTA BRASILEIRO FRENTE A PANDEMIA DE CORONAVÍRUS

Seg, 04 de maio de 2020 às 13:59

O Setor Varejista Brasileiro frente a Pandemia de Coronavírus

Este conteúdo é apenas informativo, não se trata de recomendação de investimentos.

Estimativas de Lucro Líquido para 2020

Desde 2014 o varejo brasileiro trabalhou com uma demanda reprimida, se recuperando deste movimento apenas em 2018, quando vimos uma recuperação gradual na confiança do consumidor e nas intenções de compra. Até o ano de 2017 foi possível ver mais fechamentos do que aberturas de lojas, fato que se inverteu a partir de 2018 e cresceu em 2019.

Antes da crise que estamos passando o mercado aceitava pagar múltiplos maiores para os varejistas, o setor chegou a negociar 33x P/L em 2020. O varejo tende a sofrer um impacto muito forte no crescimento do GMV (Volume Bruto de Mercadoria), players consolidados e atuantes no e-commerce devem se proteger melhor neste momento. A queda esperada no Lucro Líquido de 2020 é de 32% se comparada as projeções antes do primeiro caso de COVID-19 no Brasil.

Alavancagem Controlada

No Brasil, 60% dos varejistas são de pequeno porte, estes ainda sofrerão mais que os grandes considerando todas as medidas tomadas pelo governo para ajudar com disponibilidade de crédito e redução de custos.

Analisando algumas empresas do setor varejista com fort...




Continue lendo! Deixe seu nome e e-mail para liberar o conteúdo.

Galeria de Fotos:


Abra sua conta
logo